Facebook e Instagram: Stories cronológicos para UE.

A Meta, empresa responsável pelo Facebook e Instagram, está se preparando para implementar modificações significativas, incluindo stories cronológicos, para se adequar à Lei Europeia de Serviços Digitais (DSA).

As mudanças foram reveladas em resposta a um acordo da Comissão Europeia, que exige que plataformas como o Facebook ofereçam sistemas alternativos “não baseados em perfis”.

Neste artigo, exploraremos as alterações propostas e o impacto das mudanças na experiência dos usuários.

Transparência e Customização com stories Cronológicos

A Meta anunciou que reuniu uma equipe de mais de 1.000 pessoas para desenvolver soluções alinhadas com os requisitos da DSA.

As modificações planejadas incluem melhorias na transparência dos sistemas e a expansão das opções de personalização para usuários do Facebook e Instagram.

Além disso, a empresa está criando uma “função de conformidade independente” para garantir que as obrigações regulamentares sejam cumpridas de forma contínua.

Experiência Cronológica e Mudanças na Classificação Algorítmica

A partir do final deste mês, a Meta introduzirá alterações notáveis na Classificação Algorítmica ao oferecer Momentos, Histórias, Pesquisa e outras seções do Facebook e Instagram em ordem cronológica.

Por exemplo, os usuários poderão visualizar Stories e Reels apenas das pessoas que seguem, organizados do mais recente ao mais antigo.

Essa iniciativa visa proporcionar uma experiência mais linear e menos dependente dos algoritmos.

Desafios de Implementação e Acessibilidade

A forma exata como a Meta implementará essas mudanças, incluindo stories cronológicos, ainda não está clara. No Instagram, já é possível classificar por “Seguindo”, mas isso não é o padrão ao abrir o aplicativo.

Para o Facebook, a alteração envolve navegar por menus. Essa transição para uma experiência mais cronológica, incluindo stories cronológicos, pode ser bem-recebida pelos usuários, mas a praticidade da transição permanece a ser vista.

Transparência com Stories Cronológicos e Anúncios Direcionados

A empresa está expandindo sua biblioteca de anúncios para mostrar todos os anúncios direcionados a usuários da União Europeia, incluindo informações sobre data de exibição, parâmetros de segmentação e público-alvo.

Isso representa um passo em direção à transparência e pode beneficiar pesquisadores e profissionais de marketing, permitindo uma compreensão mais profunda das estratégias de publicidade e segmentação.

A Adaptação à DSA e o Futuro

A Meta expressou seu apoio aos princípios da DSA, enfatizando a transparência e a capacitação dos usuários. No entanto, observadores estão atentos para ver como essas mudanças serão implementadas e se elas realmente atendem ao espírito da nova lei.

Com as alterações planejadas, a experiência dos usuários da União Europeia nas plataformas da Meta está prestes a passar por transformações significativas.

Conclusão

As transformações propostas pela Meta em resposta à Lei Europeia de Serviços Digitais (DSA) estão destinadas a trazer maior transparência e controle para os usuários do Facebook e Instagram na União Europeia.

Ao introduzir a opção de visualizar conteúdo em ordem cronológica e fornecer informações detalhadas sobre anúncios direcionados, a Meta busca cumprir os requisitos regulatórios enquanto oferece uma experiência mais personalizada aos usuários.

Embora os desafios de implementação e a receptividade dos usuários permaneçam incertos, a empresa demonstra um compromisso em se adaptar ao ambiente regulatório em constante evolução e aprimorar a satisfação do usuário.

À medida que essas mudanças, incluindo stories cronológicos, forem implementadas, a indústria e os observadores atentos aguardarão para ver como elas afetarão o cenário das redes sociais na Europa e se servirão como um exemplo para outras regiões a considerar mudanças semelhantes.

Posts Similares